Our Blog

4 dicas para melhorar sua estratégia de cauda longa no adWords

Ser encontrado pelo público-alvo no Google é o desejo de todos que começam a investir em marketing digital. Uma forma rápida de alcançar esse objetivo é anunciar pelo AdWords. Entretanto, para que os resultados sejam satisfatórios, é preciso estar atento aos detalhes. Escolher palavras-chave cauda longa é uma etapa importante do processo e você deve reservar um bom tempo para selecionar as melhores.

Quando bem planejado, seus anúncios são direcionados para as pessoas certas. As palavras-chave de cauda longa são mais específicas e, por esse motivo, os consumidores que chegam até você costumam ser mais qualificados.

Quer conhecer as melhores práticas para escolher as palavras-chave ideais? Continue a leitura e confira!

Como escolher palavras-chave cauda longa?

1. Coloque-se no lugar do seu público-alvo

Antes de tudo, você deve se perguntar: como o meu público me encontraria no mecanismo de busca? Com isso, você consegue escolher palavras mais específicas e atrair a atenção de quem está fazendo a pesquisa.

Imagine, por exemplo, alguém que queira comprar uma bicicleta elétrica. Vamos supor que o indivíduo já pesquisou os modelos e optou por um da marca X. Ou seja, ele está pronto para comprar.

Se você opta pela palavra-chave “bicicleta elétrica”, estará dando um tiro no pé, pois ela é muito genérica. Porém, se você mudar para “comprar bicicleta elétrica da marca X”, a chance de ser encontrado por um público qualificado e, consequentemente, gerar conversões é maior.

2. Fique de olho nas sugestões do Google

O autocomplete do Google é uma excelente maneira de entender como as pessoas pesquisam. Ao digitar o início de uma frase no campo de busca, o Google dará algumas ideias de frases completas. Essas sugestões não são aleatórias, elas são baseadas nas pesquisas que os usuários fazem com frequência.

Outra forma de fazer isso é olhar no final da página após a busca. Lá estarão pesquisas relacionadas com aquelas que você digitou. Essas sugestões seguem a mesma lógica anterior. Com isso, você obterá ideias para usar em sua campanha.

3. Conte com a ajuda das ferramentas disponíveis

Atualmente, contamos com diversas ferramentas digitais para as mais variadas funções. Para escolher palavras-chave cauda longa não é diferente, há uma infinidade de alternativas.

Na própria plataforma do Google AdWords existe uma ferramenta chamada Keyword Planner. Por meio dela, você consegue consultar o volume de busca e a concorrência de determinada palavra-chave. Além disso, ela disponibiliza algumas sugestões de palavras relacionadas.

Outro instrumento bastante utilizado para esse fim é o Keyword Tool. Nele, você tem acesso a uma lista extensa de palavras-chave. Assim como o Keyword Planner, ele também apresenta informações sobre o volume de busca e competição, mas está disponível apenas na versão paga.

O interessante dessa última ferramenta é que ela mostra perguntas relacionadas. Essas questões são importantes para a escolha das palavras-chave de cauda longa, especialmente para quem também deseja se posicionar na busca orgânica.

Se você digitar “pisos de madeira”, a ferramenta mostrará opções como: “onde comprar piso de madeira mais barato” e “qual o melhor piso de madeira”.

4. Analise os resultados

Por fim, é preciso verificar como foi o desempenho da campanha. Caso o retorno não seja o esperado, você pode ir ajustando o anúncio até chegar ao resultado desejado. O próprio AdWords dispõe de uma ferramenta para fazer a mensuração. O importante é estar sempre avaliando e testando novas opções.

E você? Conhece mais dicas para escolher palavras-chave cauda longa? Conte para a gente nos comentários!

Tags:

Show Comments (0)

This is a unique website which will require a more modern browser to work! Please upgrade today!