Our Blog

6 dicas para pensar formulários eletrônicos (e-forms) eficazes

6 dicas para pensar formulários eletrônicos (e-forms) eficazes

A todo momento, deparamo-nos com algum tipo de formulário eletrônico. Antes, o que era feito em papel, hoje, é preenchido por meio de documentos eletrônicos.

Completar longos e cansativos formulários eletrônicos não é fácil. Por isso, pensar em como elaborar a estrutura desses documentos, para que eles sejam eficazes, é muito importante.

Não tem bons resultados com os seus formulário eletrônicos ou não sabe como pensar em um documento eletrônico que seja eficaz? Leia as dicas que apresentaremos neste post!

O que são formulários eletrônicos

Os formulários eletrônicos vieram para acompanhar a evolução da tecnologia, para acabar com o desperdício de espaço e para economizar papel, que antes era usado para fazê-lo. Hoje, os documentos são preenchidos na internet, o que facilita na coleta, no acesso e no armazenamento dos dados. Essas informações, que eram guardadas em gavetas que ocupavam grandes espaços, atualmente são arquivadas em HDs ou em nuvem.

Dicas para pensar em formulários eletrônicos eficazes

1. O conceito

Pensar em qual será o conceito do formulário é o primeiro passo. Determinar o porquê este documento está sendo concebido é importante.

Caso contrário, ele não terá finalidade e nem utilidade, sendo um desperdício de tempo e dinheiro. Por isso, defina o motivo pelo qual você está solicitando os dados preenchidos pelos usuários no formulário eletrônico e para que eles serão utilizados.

2. A usabilidade e a praticidade para o usuário

Após definir o conceito do seu formulário eletrônico, o próximo passo será definir para qual tipo de público o documento será direcionado. Dois fatores influenciarão neste direcionamento: a usabilidade e a praticidade.

Você precisa fazer um formulário eletrônico pensando no usuário, se ele não terá dificuldade em reconhecer, utilizar e preencher os campos. É importante pensar no conforto do usuário diante do documento e que dados invasivos à sua intimidade ou que causam desconforto não sejam solicitados, pois podem resultar na desistência por parte dele.

3. A relevância dos campos

Pense na relevância dos campos que serão completados, ou seja, se eles são realmente importantes ou não. Procure não colocar campos que exijam dados que não terão importância para você. Estes campos a mais podem deixar o formulário eletrônico extenso demais, o que pode resultar na desistência do preenchimento pelo usuário.

4. O tipo e a facilidade do campo

É importante prestar atenção no tipo de campo, na facilidade do preenchimento e no design do formulário eletrônico. Primeiramente, o design tem que ser bem organizado, bem construído e de fácil visualização e entendimento. Os campos não devem ficar desordenados e nem espalhados.

Outro aspecto importante com os campos é que eles não devem exigir textos muito longos e nem que os usuários pensem muito para escrever algo neles. Com certeza isso pode ser mais um motivo para a desistência do preenchimento. Por isso, os campos devem vir com explicações, informações e instruções direcionadas.

5. A finalidade

Pense qual é a finalidade do seu formulário eletrônico e por que você está requisitando aqueles dados. Um documento sem finalidade nenhuma é sinônimo de desperdício de tempo, tanto por parte do usuário quanto de quem o requisitou.

6. O contexto

Defina e pense no contexto do seu formulário eletrônico, se ele é um documento que será de cadastro, contato, pesquisa, comentário ou reclamação. É importante que você defina em qual momento e finalidade ele será utilizado.

Caso contrário, o usuário ficará perdido e não saberá para qual circunstância ele deve passar seus dados. Essas foram as 6 dicas para pensar em formulários eletrônicos eficazes.

Se você fizer os seus documentos de maneira organizada, pensando no seu cliente ou usuário, com certeza a eficácia deles estará garantida. Lembre-se que, nos últimos tempos, a nossa atenção para a leitura reduziu para 5 minutos. Por isso, seja objetivo e direto nos formulários eletrônicos, para que o seu usuário não desista dele.

Já criou o seu formulário eletrônico? Qual foi a sua experiência utilizando este tipo de documento? Quer ter mais dicas como estas? Assine a nossa newsletter e acompanhe mais dicas e novidades!

Tags: ,

Show Comments (0)

This is a unique website which will require a more modern browser to work! Please upgrade today!