Our Blog

Qual a faixa salarial dos profissionais de TI

Os profissionais de TI estão com salários cada vez mais atraentes. Alguns chegam a receber salários equiparados a juízes e outros cargos públicos, mostrando que é possível investir na carreira de TI e não apenas nos concursos públicos. Entretanto, os grandes salários são apenas oferecidos aos profissionais com experiência no mercado e amplos conhecimentos.

O segmento de TI tem crescido bastante nos últimos anos e a tendência é que continue assim nos próximos anos. De acordo com o levantamento da Brasscom (Associação Brasileira de Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação), o setor gera mais de 1,3 milhões de empregos. A estimativa é de que esse número cresça em torno de 30% até o ano de 2016, mesmo com o cenário econômico oscilando, como se vê atualmente.

Perfil das empresas

Com uma análise rápida, é possível determinar que as empresas de médio porte são as que tem empregado mais. Elas estruturam os serviços de TI e investem em profissionais, capacitações e a ações de startups. Elas tem dado preferência em contratar candidatos como CLT e não como “pessoa jurídica”, comum no setor. A transição ocorre por conta dos próprios funcionários, que tem optado pelo regime de contratação com carteira assinada, por conta dos benefícios e amparo da lei.

O mercado instável tem sido um desafio também para os profissionais, que buscam oportunidades mais desafiadoras, que lhe darão maior estabilidade (e visibilidade) a médio e longo prazo. Os colaboradores querem passar mais tempo na empresa, se fixar e subir de cargo.

Como estão os salários?

A Catho, empresa de recrutamento e seleção de pessoal, realizou uma pesquisa salarial e identificou a média dos salários recebidos por diferentes profissionais. Segundo ela, a área de TI é uma das mais valorizadas, apresentando média salarial de R$ 3.800. A pesquisa foi feita com 260 mil profissionais em 14 segmentos diferentes e levantou dados de 4 mil cidades do Brasil. O resultado mostrou os profissionais que recebem mais e aqueles que não recebem tanto assim.

A maior remuneração média é de diretor, no montante de R$ 15 mil, e a menor é de estagiário, que recebe mensalmente a média de R$ 616,20. As grandes empresas são as que pagam os melhores salários, que podem chegar a R$ 50 mil mensal (diretor de TI). Seguido dele, vem o Gerente, que pode receber até R$ 27 mil em uma grande empresa. O gerente de projetos vem logo depois, com um salário de R$13 mil.

Quem está começando ou já tem uma bagagem um pouco maior, recebe salários mais módicos, de acordo com o tamanho da empresa. Os salários médios de Web máster Jr. e Web Designer Jr. em uma pequena empresa, são de respectivamente de R$ 1.217,26 e R$ 1.646,56. Entre as médias que mais oscilam estão dos consultores, que podem receber remunerações por projeto ou salário, em valores que variam entre R$ 3.000 a R$ 9.000, dependendo das atribuições do cargo.

Como conseguir melhores colocações no mercado de TI

A tecnologia é algo bastante mutável nos dias de hoje: um produto que era novidade há alguns meses, hoje já é obsoleto. Em contrapartida, a internet possibilita estar a par das mudanças em tempo real. O profissional que quer seguir na área de TI deve buscar informações proativamente, estar atento as mudanças, as exigências das empresas e o que elas estão fazendo.

Além de um currículo adequado a vaga, o candidato deve saber trabalhar em equipe, uma vez que os projetos costumam exigir a integração com várias pessoas. Ser sociável e comunicativo é fundamental para a área. Já que estamos falando de comunicação, é preciso citar a necessidade da fluência ou conhecimentos avançados em inglês (no mínimo), tendo em vista que muitas ferramentas e linguagens de programação só estão disponíveis no idioma estrangeiro.

Uma dica que vale tanto para quem quer entrar no mercado, quanto para quem quer uma recolocação, diz respeito experiência. É importante citar as suas qualidades e projetos que participou para demonstrar suas habilidades e o seu merecimento da vaga. Por essa razão, o currículo e portfólio devem estar sempre atualizados. Antes de participar de um processo seletivo pesquise sobre a companhia, seus produtos e a oportunidade. Este pode ser um diferencial no processo, pois o recrutador irá perceber que você tem interesse na empresa.

Desenvolva projetos pessoais que podem trazer alguma visibilidade. Isso será um ponto forte na hora de procurar um novo emprego ou se recolocar no mercado de trabalho. Lembre-se que os salários podem ser diferentes se você é um profissional que já atua no mercado, se é um profissional novo ou se está buscando a recolocação.

 

Quer saber mais informações sobre o mercado de TI? Não deixe de acompanhar o Foxfly – Blog sobre Processos, TI e Marketing Digital.

Tags:

This is a unique website which will require a more modern browser to work! Please upgrade today!